sábado, 9 de maio de 2015

Homenagem às Mães

São três letras apenas
As desse nome bendito
Também o céu tem três letras
E nelas cabe o infinito
Para louvar a nossa mãe,
Todo bem que se disser
Nunca há de ser tão grande
Como o bem que ela nos quer
Palavra tão pequenina,
Bem sabem os lábios meus
Que és do tamanho do CÉU
E apenas menor que DEUS!
(Mário Quintana)
Homenagem às Mães da Equipe do Tancredo.









  Feliz dia mamães!!!!!!!!











segunda-feira, 27 de abril de 2015

Projeto Anual 2015


#BlogEducação Na Escola Estadual Presidente Tancredo Neves, em Taiobeiras, no Vale do Jequitinhonha, a paz também é matéria nas salas de aulas. Com o projeto ‘Vivenciado a paz na escola’, os alunos têm a oportunidade de debater valores como a tolerância, a solidariedade, o voluntariado e a gratidão. Confira:blog.educacao.mg.gov.br/?p=11740#more-11740 e no Centro de Referência Virtual do Professor.




quarta-feira, 22 de abril de 2015

Curiosidade



 Que dia é hoje? 
 Cada dia é especial para a história. Veja o que aconteceu no dia 22 de abril anos atrás.

22 de abril de 1500 - Chegada da esquadra de Pedro Álvares Cabral ao Brasil

O descobrimento do Brasil é um marco da expansão marítima e comercial portuguesa, ocorrida entre os séculos XV e XVI. Visando expandir sua atuação política e comercial, Portugal explora a costa africana, inicialmente em busca de ouro, escravos e marfim. Mais tarde parte em direção à Índia, em busca das especiarias.

Após a descoberta da América, em 1492, Portugal volta seus olhos para o novo mundo. Depois de haver descoberto o caminho marítimo para as Índias, Vasco da Gama retorna a Portugal em 1499, com uma carga valiosa e logo os portugueses se apressam em organizar nova esquadra para estabelecer um entreposto comercial na Índia. O comando é entregue a Pedro Álvares Cabral, que parte de Lisboa, Portugal, com destino a Calicute, na Índia, em 9 de março de 1500. Em 22 de abril chegam à costa do que hoje é o Brasil.

Há divergências entre a descoberta ter sido intencional ou obra do acaso. A corrente que acredita no descobrimento acidental argumenta que não há nenhum registro de instruções para que a frota passasse pelo Brasil, embora toda a descoberta esteja narrada com minúcias na carta escrita por Pero Vaz de Caminha ao rei de Portugal, D.Manuel I.

Por outro lado, os que defendem a intencionalidade da descoberta argumentam que Portugal sabia da existência de terras no Ocidente desde 1492, quando Colombo chegou à América, tanto que havia assinado com a Espanha o Tratado de Tordesilhas "dividindo" a posse dessas terras.

22 de abri de 1724 – Nasce o filósofo Immanuel Kant, na Prússia, hoje atual Rússia.

Em 1755 era doutor em filosofia. Trabalhou como preceptor para filhos de famílias ricas e dando aulas particulares na universidade em que estudou.

Era conhecido por seu um homem metódico, que raramente se atrasava para um compromisso e pela sua frágil saúde. Kant dedicou toda sua vida à filosofia. A sua obra a Crítica da Razão Pura, publicada em 1781, foi elaborada com base em estudo do conhecimento, seus limites, possibilidades e aplicações. Em 1788 Kant publicou a "Crítica da Razão Prática", ligada a questões morais, à conquista da felicidade e à ação do homem em relação aos outros. Escreveu ainda sobre religião e estética. 

Prestes a completar 80 anos, Kant faleceu em 12 de fevereiro 1804, em decorrência de uma doença degenerativa. 


2009 - Dia Internacional da Mãe Terra

Hoje além de comemorarmos o dia do descobrimento do Brasil, comemoramos o Dia Internacional do Planeta Terra. É uma data criada pela organização das Nações Unidas (ONU) em 2009 para marcar a responsabilidade coletiva para promover a harmonia com a natureza e a Terra e alcançar um balanço entre economia, sociedade e ambiente em um tempo em que nosso planeta está sob ameaça da mudança climática, exploração insustentável dos recursos naturais e outros problemas causados pelo homem. Quando nós ameaçamos nosso planeta, minamos nossa própria casa - e nossa sobrevivência no futuro", diz mensagem do secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon.

Contudo, a história dessa comemoração é bem mais antiga. O primeiro Dia Nacional da Terra ocorreu em meio ao movimento hippie americano, em 1970. Se por um lado a música e os jovens eram engajados, de outro os americanos viviam com seus carros com motor V8 e a indústria despejando produtos poluidores com pouco medo de represálias legais.

A ideia de uma data para marcar a luta pelo ambiente veio do senador Gaylord Nelson, após este ver a destruição causada por um grande vazamento de óleo na Califórnia, em 1969. Ele recebeu o apoio do congressista republicano conservador Pete McCloskey e recrutou o estudante de Harvard Denis Hayes como coordenador da campanha.

No dia 22 de abril, 20 milhões de pessoas nos Estados Unidos saíram às ruas para protestar em favor de um planeta mais saudável e sustentável. Milhares de escolas e universidades organizaram manifestações contra a deterioração do ambiente e engrossaram os grupos ambientalistas. Foi um raro momento em que democratas e republicanos se juntaram ao movimento.
O resultado prático foi a criação da Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos e dos atos do Ar Limpo, Água Limpa e das Espécies Ameaçadas. "Foi uma aposta", lembra o senador, "mas funcionou.” 
Fonte: Portal Educa Oi. Acesso em 21 de abril de 2015. Disponível em:

<http://www.oieduca.com.br/biblioteca/que-dia-e-hoje/>















quarta-feira, 15 de abril de 2015

Projeto Anual:Vivenciando a Paz na Escola



Escola Estadual Presidente Tancredo Neves realiza a Socialização dos Resultados referente ao Projeto Anual  Vivenciando a Paz na Escola
14 /04/2015
Justificativa do Projeto : As escolas enfrentam as mesmas dificuldades das sociedades contemporâneas: violência, homofobia, vulnerabilidade social, intolerância, desrespeito, corrupção, racismo, individualismo. Podemos compreendê-las como manifestações de anti-valores através de atitudes e comportamentos específicos. Usamos o prefixo anti porque entendemos que esses valores representam a face negativa daqueles que identificamos como humanitários e, portanto, negam um mundo em conformidade com o que pensamos ser o ideal possível, a paz, tolerância, colaboração, solidariedade, generosidade, voluntariado e gratidão: esses são valores pelos quais temos lutado e os quais foram construídos ao longo dos últimos passos de nossas sociedades rumo ao aprimoramento. Estes, nós os identificamos com os elevados valores éticos que se tornaram o norte de nossa civilização e que se encontram ameaçados pela presença de anti-culturas. A escola, sendo local privilegiado da segunda socialização, é um espaço ideal para a reflexão sistemática desses valores, bem como das situações e comportamentos que lhes são contraditórios. Nossa pretensão é fornecer a possibilidade de debates e reflexões que despertam em nossos alunos a capacidade de criar um ambiente pacífico no espaço escolar. No entanto, para além da escola, objetivamos também lhes municiar de condições críticas para construção do ideal cidadão de sociedade de paz, entendendo-a como locus próprio da justiça e dos direitos, uma vez que a “paz é fruto da justiça”.

Foto: Arquivo da Escola


Apresentações: Oração do  Pai Nosso em Libras, Coreografias e Teatro.
  

Devemos cultivar respeito, construir valores, compartilhar atitudes e valorizar saberes.
Foto: Arquivo da Escola   

Foto: Arquivo da Escola  
Foto: Arquivo da Escola
(Município: Taiobeiras / Superintendência Regional de Ensino - 43ª/Araçuaí)