segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Nova peça musical será interpretada por alunos da EEPTN

Por Fabiano Alves Pereira*


Acabo de concluir a escrita do meu mais novo texto, um teatro com o título:

A HISTÓRIA BASTIÃO GALINHA E SUA FAMÍLIA - Pessoas simples do Grotão do Judas, que tiveram suas vidas transformadas deixando um grande exemplo para nós!


O enredo conta a história de uma família que por falta de orientação tinha péssimos hábitos alimentares e de higiene e em decorrência disso doenças e mortes prematuras eram comuns. Eles recebem a oportunidade de mudar de vida e aproveitam-na com determinação.

Nas aulas de Artes que ministro na Escola Estadual Presidente Tancredo Neves priorizo os quatro eixos temáticos destacados pelo CBC: Música, Artes visuais, Teatro e Dança.

Na música temos aulas teóricas que ensinam dentre outras coisas, a leitura de partituras musicais, o Projeto Iniciação à Flauta Doce, o Coral Cantarte e a Orquestra Filarmônica Presidente Tancredo Neves.

Na dança, temos o grupo "Dance Teens" formado por alunos do nono ano Elisiana Alves, sala número 1, matutino.

Nas artes plásticas temos aulas de crochê e pintura com as secretárias Rosane e Adivania Pereira Freitas, diversos alunos se destacando no desenho, como o Fabrício do oitavo ano, sala 10 matutino e a aluna Anna Júlia, da sala 2, matutino, que é autora dos desenhos do conto "Vidas Transformadas" publicado no livro "Um Convite à Reflexão". E ainda o Projeto "I Mostra de Artes da EEPTN", que ao final do ano fará exposição biográfica e releitura de obras de pintores renomados de todo o mundo. Os alunos que se destacarem no projeto ganharão curso de pintura ministrado pela artista plástica Elisiana Alves, reconhecida internacionalmente.

Após concluir as aulas expositivas e teóricas sobre o teatro desde o seu surgimento na Grécia Antiga, o próximo passo é formar um grupo de teatro na Escola. Selecionarei dentre os alunos, o elenco que estará à disposição das instituições educacionais e outras entidades do município e região para que por meio da arte de encenar possam contribuir na formação de pessoas ainda mais reflexivas e contribuintes para uma sociedade mais harmônica e saudável. A apresentação teatral da "História de Bastião Galinha", com recursos bem elaborados tais como figurino e efeitos musicais ajudará os expectadores na ampliação dos conhecimentos de temas como: Dengue, Verminose, Hábitos alimentares e Higiene, apresentados de uma forma humorística e em linguagem coloquial.

Veja alguns trechos da peça:

Narrador: Lá pelas bandas do norte mineiro, perto de Taiobeiras, havia uma rocinha bem distante da civilização. Lá não havia ainda luz elétrica nem água encanada. Coisas como Internet e computadores eram desconhecidos para a maioria dos habitantes, que viviam praticamente isolados, pois era uma região de difícil acesso, por lá não haviam estradas, nem asfaltadas nem de terras, apenas carreiros cheios de buracos por onde carros ou motos eram incapazes de transitar. Por todos esses motivos o lugar recebeu o nome de Grotão de Judas, pois os antigos costumavam afirmar que foi lá que Judas perdeu as botas pra nunca mais encontrar. Numa casinha simples, vivia Bastião Galinha e sua família: Dona Quelemença, sua esposa e seus pouquíssimos filhos, apenas seis, pois os outros oito já tinham falecido antes mesmo de completarem um ano de vida. Em homenagem aos parentes mais velhos, os nomes dos ainda vivos eram: Antônio (conhecido por Tonim), Filomena, Miguelina, Gumercino, Ozório e Francisca (conhecida como Chiquinha). Vejam só nesta cena como era o dia a dia do Bastião e sua família...

Agente 2: Não minha senhora, não é de dengo que estamos nos referindo e sim de uma doença chamada dengue que é transmitida pela picada da fêmea do mosquito Aedes aegypti. Ela põe os seus ovos em lugares que tem água parada e limpa, como caixas d’água, penus, latas, vasos de planta, cascas de ovos e litros. Por isso devemos tomar cuidado com essas coisas em nossa casa e no nosso quintal...

Bastião: Oh muié eu num intendo, tem pessoas qui tem a leitura, sabi fazer o que é certo mais preferi fazer tudo errado. A genti num podi ser ignorante, tem qui tê humildadi e fazê mudança na vida, miorar cada vez mais. Nóis aprendeu a lição, eu ispero qui todo mundo ao sabê di nossa história possa refretir e intendê qui iscutá é fácil e inté divertido, qualquer um faz isso, mais o vale mesmo a pena, o que é importante, é tirá lição do inxempro dus outro, num ripiti as mesma faia e isforçá para ter uma famia saudável e muito feliz com as bênçãos de Deus agora e para todo o sempre.
_______________________
*Professor de Artes, História e Iniciação Musical, regente do Coral Cantarte e Maestro da Orquestra Filarmônica Presidente Tancredo Neves.

quinta-feira, 21 de agosto de 2014

Destaque em Xadrez

"CRESCER PELO ESPORTE" 
 Escola Tancredo Neves fazendo diferença na Educação!
A E. E. Presidente Tancredo Neves recebeu da Secretaria de Esporte e Juventude, através do Programa Minas Olímpica , materiais para ampliar a participação dos alunos nas aulas de xadrez.
A escola foi contemplada em 2013 com título "Escola Modelo" - "Destaque Xadrez".
Em 2014 estamos investindo em mais modalidades. Já temos um campeão mineiro no atletismo no JEMG/2014 e no período de 03 a 08/09 o aluno campeão Gustavo estará em Londrina/PR participando da etapa nacional.

É de fundamental importância que os professores transmitam aos seus alunos os objetivos de trabalhar com o jogo de xadrez no ambiente escolar.A prática do xadrez desenvolve habilidades tendo como destaque: memória, concentração, planejamento e tomadas de decisões.

O xadrez é considerado como um excelente suporte pedagógico visto que se relaciona com diversas disciplinas, tais como: Matemática; Artes; História; Geografia, além da Ética, etc.
Na Matemática explora-se inicialmente o tabuleiro e a movimentação das peças associadas com a Geometria e suas dimensões.

Nas Artes, exploram-se as formas das peças através do uso da argila, pintura, técnicas com materiais recicláveis.

Na História, pode ser trabalhada a questão da origem do xadrez, a cultura dos seus povos e a relação entre aspectos sociais e políticos.

Na Geografia, pode ser abordada a localização onde o jogo de xadrez era praticado.

E finalizando, quando se faz referência à Ética, seria quanto à importância das regras e o respeito que deve existir para com o parceiro de jogo.

A proposta pedagógica de inserir o jogo de xadrez no processo de ensino-aprendizagem visa preparar o aluno para que seja capaz de tomar decisões em situações que exigem o raciocínio rápido, e em busca de formar cidadãos íntegros através de uma atividade lúdica.


"Parabéns professores de Ed. Física e alunos pelo empenho!!!"

segunda-feira, 18 de agosto de 2014

Dia D



13 de agosto - Dia “D”

Toda Escola deve fazer a diferença

O “Dia D” das Escolas é um momento muito significativo para a melhoria do processo ensino-aprendizagem e, consequentemente, para os avanços dos resultados educacionais de Minas Gerais. Oportuno para as escolas analisarem e discutirem os seus resultados nas avaliações internas e externas do PROALFA e do PROEB e planejarem suas ações de intervenção pedagógica para o ano letivo.

Assim, mais uma vez, contamos com o empenho sempre demonstrado por todos os envolvidos,na nossa escola e toda a comunidade escolar na  realização desse evento. A reorganização do PIP 2013 (ações) foram discutidas e analisadas nos dias do evento, para serem concretizadas nas práticas pedagógicas da escola em favor do sucesso da aprendizagem de nossos alunos.


Toda a Comunidade participando

É um evento de importância significativa por ser o momento em que todas as escolas e toda a Comunidade Escolar se reúnem, para analisar as práticas pedagógicas e o desempenho da instituição e dos alunos nas avaliações externas (PROALFA e PROEB) e internas e, assim, planejar as ações que contribuirão para a melhoria do ensino. Nesse sentido, o maior legado da realização do Dia D é a (re)construção anual do Plano de Intervenção Pedagógica da Escola e, como sabemos, a participação dos pais e responsáveis nessa etapa, apresentando suas sugestões para as ações com foco na aprendizagem dos alunos, é imprescindível para a construção da qualidade social da educação básica. O Regimento Escolar e o Projeto Político Pedagógico das Escolas também devem ser analisados nessa oportunidade, no intuito de averiguar se estão em consonância com o estabelecido na Resolução SEE Nº 2.197, de 26 de outubro de 2012, e no Ofício Circular Nº 360, de 17 de dezembro de 2013, e se necessário serem atualizados. 


 O evento do Dia "D" foi um sucesso, pois presenciamos o compromisso de todos com a aprendizagem de nossos alunos .

sábado, 16 de agosto de 2014

Homenagem - Estudante


11 de agosto- Dia do Estudante
Para comemorar o Dia do Estudante, as bibliotecárias e toda a equipe da escola realizaram programação especial, com gincanas, passeios e  festa.



Amigo estudante... Êxito, sucesso e felicidade na caminhada de seus ideais. Participe da construção de uma sociedade mais cidadã e justa. Não perca tempo.

Que sua finalidade específica seja sempre ser um cidadão empreendedor, crítico, criativo e ético. Esta é a sua obrigação e o seu desafio. Disposição é a palavra-chave.

Estudar é exercitar  a memória para adquirir conhecimentos, aprender. Mas para que isso aconteça um estudante deve frequentar uma escola e participar das atividades propostas, fazer as tarefas de sala bem como as passadas para serem feitas em casa , além de estudar em casa os conteúdos que foram passados em sala de aula.

Com o passar dos anos, passa a entender as matérias através da reflexão e da análise das mesmas.

Os estudantes devem ser responsáveis com seus estudos, pois o sucesso profissional virá através de muita dedicação. Além disso, merecem todo respeito e consideração de seus familiares, pois é o seu trabalho.

                                                         Parabéns!!!

quinta-feira, 14 de agosto de 2014

Educador da Escola Estadual Presidente Tancredo Neves escreve um livro que vale a pena ler

"Um convite à reflexão" é um livro de 164 páginas escrito pelo professor taiobeirense Fabiano Alves Pereira, que atua como professor das disciplinas História, Artes e Iniciação Musical, na Escola Estadual Presidente Tancredo Neves, em Taiobeiras, MG, além de ser maestro da Orquestra Filarmônica Presidente Tancredo Neves e regente do Coral Cantarte. A obra é repleta de temas variados como Educação Ambiental, Sexualidade, Drogas, Música, dentre outros. 

O discurso de lançamento da obra contem informações úteis para entender a importância e o objetivo do livro. Diz:

"Torna-se imprescindível refletirmos de maneira séria e comprometida em relação à realidade que nos cerca. É por meio da reflexão ponderada que reavaliamos nossa maneira de pensar, moldamos nossa forma de agir e assim, temos condições de contribuirmos para a transformação positiva do meio em que estamos inseridos.


O que é refletir?  O termo nos remete a outros verbos como pensar, analisar e questionar.  Assim refletir é pensar e maneira séria e profunda em relação a algo para podermos nos posicionar. A capa do meu livro Um convite à reflexão trás a imagem da obra O pensador do francês  Auguste Rodin, onde a posição corporal interpretada na estátua é uma das posições usadas normalmente pelo ser humano quando esta em fase de reflexão.

Talvez devido a minha formação acadêmica, tornei-me um ávido leitor e uma pessoa reflexiva e com o hábito de registrar. Procuro sempre meditar nas leituras que faço ou nas informações que tenho acesso por outros meios como a internet e TV. Assim, é comum que eu emita minha posição em relação a diversos assuntos de interesse geral como as questões ambientais, as drogas, a música e a Educação. Ando sempre com a câmera fotográfica, fico atendo aos acontecimentos em minha cidade, em especial no meu ambiente de trabalho e faço postagens frequentes nos blogs www.eeptancredoneves.blogspot.com e www.fabianoalveson-line.blogspot.com.


Os textos que estou publicando neste novo livro convidam o leitor a refletir, ou seja, a pensar a própria realidade, conscientizando-o e sensibilizando-o a buscar novas alternativas que contribuam para sua própria transformação, e do meio à sua volta.

Esta obra tem um diferencial, além do ISBN e código de barras, ele é o primeiro livro escrito por um taiobeirense contendo código QR, que é um código de barras bidimensional que pode ser facilmente escanerizado usando a maioria dos telefones celulares equipados com câmera. Esse código é convertido em texto (interativo), um endereço URI, um número de telefone, uma localização georreferenciada, um e-mail, um contato ou um SMS. 

No livro, embora eu dê destaque à minha origem, minhas raízes, onde nasci, ou seja, ao munícipio de Taiobeiras, colocando até mesmo uma foto aérea da cidade na capa do livro e dedicando uma poesia a nossa cidade na página 12, os leitores verão que procurei abordar temas de interesse não apenas local ou regional, mas com uma amplitude maior. Assuntos como drogas, sexualidade, meio ambiente e discriminação despertam a curiosidade de pessoas de todo o globo independentemente de sua origem étnica, condição social, filiação política ou religiosa. Procurei também destacar algumas realizações significativas para o nosso município. Creio que fazer tais registros é importante, pois preserva a memória de pessoas sérias e atuantes que têm desempenhado suas funções de forma criativa e inovadora. O intuito é que outros possam se espelhar nos bons exemplos, motivando-os a serem cada vez mais dinâmicos e comprometidos. 

Desejo a todos uma excelente leitura, análise e reflexão de todos os textos que tenho o privilégio e grande prazer em colocar à disposição de cada um dos amados e estimados leitores. É com grande alegria que tenho o prazer de lançar nesse momento, o livro “Um convite à reflexão.”


Fotos:

1. Capa do livro "Um convite à reflexão".

2. Convite para o lançamento do livro.

3. Pensamento contido no verso do livro

4. Matéria publicada na Edição de julho de 2014 do Jornal Taiobeiras Informa.

5. Convite do lançamento do livro publicado na Edição Nº 328 do Jornal Mãos à Obra.

6. Professor Fabiano Alves Pereira, autor do livro.

Vejam o vídeo a seguir:


segunda-feira, 14 de julho de 2014

Boas Vindas

Volta às aulas

E. E. Presidente Tancredo Neves sempre inovando para oferecer o melhor para seus alunos. 

Um novo semestre letivo se inicia nesta segunda-feira (14) e ,com ele, nasce mais uma oportunidade para renovarmos. Após o recesso, esperamos enfrentar os próximos desafios com ainda mais entusiasmo. Aos alunos, educadores, demais profissionais e toda comunidade escolar, a Direção e Equipe Pedagógica desejam boas vindas e aproveitam para colocar-se ,novamente, à disposição de todos. Que tenhamos um excelente recomeço!

O espaço físico e sua relação com a aprendizagem/socialização. 
Educar não é mera transferência de conhecimentos, mas sim conscientização e testemunho de vida. É construir, libertar o ser humano da mera reprodução exigida pela sociedade do conhecimento técnico, reconhecendo que a história é um campo aberto de possibilidades. Educar é, desse modo, emancipar. Deve ser fundamentada no desenvolvimento de um raciocínio crítico aberto às transformações da sociedade atual.


Ninguém educa ninguém, ninguém educa a si mesmo, os homens se educam entre si, mediatizados pelo mundo.

Educar é impregnar de sentido o que fazemos a cada instante!

“Não basta saber ler que ‘Eva viu a uva’. É preciso compreender qual a posição que Eva ocupa no seu contexto social, quem trabalha para produzir a uva e quem lucra com esse trabalho.”
Paulo Freire